PORTUGAL | ANGOLA
Serviço de Apoio
ao Cliente
Tel: (+351) 213 569 840
das 09h às 18h - dias úteis
Email: inforeal@realtransfer.pt
Sede (sem atendimento ao público):
Rua Fernando Curado Ribeiro, nº 40, 3º E
1600-449, Campo Grande, Lisboa


Caso deseje apresentar uma reclamação, elogio
ou sugestão aceda ao Livro de Reclamações Electrónico: https://www.livroreclamacoes.pt/inicio


Linha Gratuita 800 200 404
Recrutamento
Se pretender fazer parte da nossa equipa, envie o seu Curriculum Vitae para recrutamento@realtransfer.pt

Será contactado caso exista uma oportunidade 
adequada ao seu perfil.
Relatar Fraude

A RealTransfer- Instituição de Pagamento S.A., possui um vasto conjunto de medidas e procedimentos internos que vão ao encontro da proteção dos seus clientes contra incidentes de segurança ou ciberameaças.

A evolução constante das tecnologias e o aumento da facilidade de contacto entre pessoas, trouxe novos desafios no que toca à segurança, dos seus dados e dos seus fundos.

 

Proteger os consumidores é a nossa prioridade

 

Na RealTransfer, poucas coisas nos preocupam mais do que a utilização indevida do nosso serviço de transferências de dinheiro, ou de dados pessoais dos consumidores para defraudar e prejudicar deliberadamente os consumidores. Estes criminosos são peritos em ludibriar, enganar e convencer os consumidores a transferir-lhes fundos de forma indevida, sabendo que os consumidores jamais os poderão recuperar. Desse modo, a melhor prevenção deste tipo de actuação ilícita é compreender a forma de operar dos infractores e divulgar o máximo de informação aos consumidores como o intuito de prevenir fraudes e zelar pela protecção dos seus fundos.

 

O nosso objetivo é divulgar informação sobre as formas mais comuns de fraude a fim de garantir o esclarecimento dos clientes sobre envios de fundos indevidos ou a proteção dos seus dados pessoais.

 

Visite a nossa lista de Tipos de Fraudes comuns aos consumidores para conhecer os indícios mais óbvios e estar alerta para eventuais esquemas de fraude. Esta lista é meramente exemplificativa, pelo que deverá ter sempre em conta que existem outros tipos de abordagens e burlas, sendo sempre recomendável e mais seguro usar o senso-comum e garantir a segurança por defeito, ao enviar dinheiro ou partilhar os seus dados pessoais.

 

A prevenção da Fraude ao Consumidor assenta em 4 pilares distintos:

 

  • Nunca envie dinheiro para alguém que não conhece bem ou nunca chegou a conhecer presencialmente!

 

  • Nunca partilhe dados pessoais que possam permitir a terceiros aceder a fundos que lhe pertencem (Ex: Referências de Remessas, Número de cartão crédito/débito; IBAN; Passwords Homebanking, etc…).

 

  • Nunca partilhe dados pessoais nem cópias de documentos que possam permitir a desconhecidos comprar, contratar ou utilizar produtos e serviços em seu nome (Ex: Cartão de Cidadão; Chave móvel digital, Assinatura digital, etc…).

 

  • Os dados e os detalhes das suas transferências são pessoais e intransmissíveis, por isso, nunca partilhe com ninguém, além do seu destinatário final.

 

Agradecemos que explore a nossa página de Internet para visitar as outras secções referentes à prevenção de fraude ao consumidor onde encontrará outras informações úteis e respostas às questões mais frequentes no âmbito da prevenção da fraude ao consumidor.

 

AVISO

Se utilizou ou desconfia que possa ter utilizado os serviços da RealTransfer para transferir dinheiro na sequência de uma fraude ao consumidor, por favor preencha de imediato o nosso formulário online ou, em altativa, contacte-nos através do 800 200 404.

 

 

Prevenção de fraude divulgando as burlas e esquemas mais comuns

A esmagadora maioria das fraudes associadas às transferências de dinheiro em efetivo, envolvem sempre um contacto com um desconhecido, alguém que conhecemos mal ou alguém que nunca conhecemos presencialmente. Nunca transfira dinheiro para desconhecidos!

 

Nesta secção partilhamos alguns detalhes referentes aos tipos de fraude mais comuns na utilização dos nossos serviços de remessas, sendo importante relembrar que esta lista pretende ser meramente informativa e não exaustiva para consciencialização dos consumidores, sendo plausível a existência de outro tipo de fraudes.

 

Doações e auxílio em catástrofes

Durante o período de catástrofes ou desastres naturais, é importante estar ciente das fraudes associadas à caridade. Se estiver a pensar em realizar uma doação, utilize canais que já tenha utilizado anteriormente de forma segura ou através de uma Organização que conheça e cuja reputação seja inquestionável, de preferência com representação física no país onde se encontra e/ou reside. Existem diversas formas legítimas de contribuir com o seu apoio para ajudar pessoas afetadas por desastres naturais, sendo extremamente importante entender a forma como esses fundos estão a ser angariados e utilizados. Por favor não utilize o nosso serviço para realizar doações e nunca transfira dinheiro para desconhecidos!

 

Reembolsos ou Indemnizações

Caso receba um contacto de alguém desconhecido afirmando trabalhar com algum organismo oficial (ex: Banco de Portugal, ASAE, DECO, etc…) e que promete ajudá-lo a obter algum tipo de reembolso ou indemnização por parte desse organismo a que, alegadamente pertence, desconfie, pois, pode tratar-se de uma Fraude.

Nunca envie dinheiro, nunca forneça números de conta bancária e/ou partilhe outros dados pessoais ou confidenciais, com pessoas que nunca conheceu pessoalmente e que lhe prometem algum tipo de vantagem por via telefónica. Lembre-se, este tipo de organismos não entra em contacto consigo sem que você os contacte primeiro e os seus serviços normalmente não requerem nenhum pagamento, partilha de dados sensíveis ou confidenciais. Mesmo que o contacto ou mensagens pareçam legítimas desconfie sempre, os burlões dispõem de tecnologia e recursos para tentar ludibriar os consumidores de forma subtil e eficaz.

 

Compras Online ou através de Revistas/Jornais

Se encontrar uma oportunidade única de adquirir um produto ou serviço online ou mesmo num anúncio de revista ou jornal, cujo preço e condições sejam demasiadamente boas para ser verdade, não utilize o nosso serviço para realizar qualquer pagamento ou adiantamentos para a compra ou reserva desse bem. Caso solicitem que utilize um serviço de remessas para não deixar escapar uma “oportunidade” deste tipo, ou evitar o pagamento de impostos, seguramente estará a ser vítima de uma tentativa de fraude.

Mesmo que receba uma carta ou email posterior de alegada “confirmação” da sua aquisição ou reserva do bem em causa, lembre-se, uma vez que o dinheiro enviado pelos nossos serviços é recebido pelo Destinatário e jamais poderá ser recuperado.

 

Romance

Neste tipo de Fraude os burlões travam conhecimento com os consumidores de forma não presencial através de um anúncio pessoal, de um site de encontros, por email, serviços de chat ou mensagens instantâneas, ganhando um falso grau de intimidade ou confiança com as vítimas.

Uma vez existindo essa “confiança”, os Burlões pedem dinheiro como forma de os ajudar a si próprios, à sua família, ou mesmo para comprar uma viagem de forma a finalmente se conhecerem pessoalmente. Não utilize os nossos serviços para enviar dinheiro a pessoas que nunca conheceu pessoalmente, trata-se de uma Fraude.

 

Prémios de Lotaria

Deve estar ciente que, para ganhar a lotaria ou outros jogos oficiais semelhantes que existam em Portugal ou a nível Europeu, tem de jogar primeiro para se habilitar a qualquer tipo de prémio.

Lembre-se que, a Lotaria e jogos oficiais semelhantes são sempre anónimos, como tal é impossível saber quem é a pessoa que supostamente detém a chave vencedora.

Sempre que receber um contacto, mensagem ou aviso a informá-lo de que ganhou a lotaria e que, para reclamar ou reivindicar os seus ganhos ou prémios precisa de pagar uma taxa ou serviço, por muito oficial que pareça você está a ser vítima de uma fraude.

Nunca transfira dinheiro para pessoas que conheça mal ou nunca tenha conhecido presencialmente e afirmem que você ganhou qualquer tipo prémio!

 

Enviar dinheiro a Desconhecidos

A RealTransfer recomenda vigorosamente que nunca envie dinheiro a desconhecidos. Qualquer quantia uma vez recebida por um terceiro no destino jamais poderá ser recuperada por si. Os nossos serviços são recomendados única e exclusivamente para o envio de dinheiro para pessoas que conhece pessoalmente e em quem pode confiar.

 

Extorsão de Impostos ou Multas

Se for contactado por alguém que afirma estar inserido ou envolvido com a Autoridade Tributária ou que seja de algum organismo oficial, tentando cobrar o pagamento de impostos em atraso (IRS, IMI, etc…) ou multas (Estacionamento, velocidade, etc…), e solicitando para o efeito que realize uma transferência de dinheiro ou partilhe os dados do seu cartão de débito ou crédito para liquidar esse valor, caso contrário poderá ser preso ou ver o valor agravado, trata-se de uma tentativa de Fraude.

Nenhum organismo público entra em contacto com os cidadãos para reclamar valores em atraso no imediato e/ou sob forma de ameaça ou em tom de coacção.

 

Cheque

Podem existir situações que os Burlões enviam cheques por correio com instruções para os depositar e, doravante, levantá-lo no banco, para que, posteriormente, tenha de enviar parte dos fundos a alguém através uma transferência de dinheiro.

Lembre-se que a possibilidade de o cheque ser falso, ou não ter cobertura, é muito elevada e que será a si a quem o Banco irá cobrar a perda e comissões de processamento.

Não envie dinheiro através dos nossos serviços a pessoas que não conhece ou nunca conheceu presencialmente.

 

Abuso de idosos

Caso alguém que não conhece bem, não se lembra de ter conhecido ou nunca conheceu presencialmente se ofereça para ajudar a gerir as suas finanças, ativos ou bens, tenha muito cuidado pois, provavelmente, poderá ser uma fraude.

Neste tipo de situações, os burlões irão tentar enganá-lo podendo falsificar documentos e assinaturas, incluído a sua, sempre com o objectivo de manipular e condicionar a sua actuação tendo em vista tomar posse do seu património pressionando para a realização de uma ou mais transacções.

Este tipo de esquema pode assumir variadíssimas formas, incluindo fraudes de telemarketing, de usurpação de identidade, empréstimos predatórios com condições extremamente desfavoráveis, esquemas relacionados com remodelações de casas ou compras de propriedades, entre outros.

Caso um desconhecido, uma pessoa que conheça mal ou nunca tenha conhecido presencialmente o pressione a entregar dados pessoais ou dados de carácter sensível, assinar documentos ou a reconhecer documentos que não se recorda de ter assinado ou cuja assinatura não pareça a sua, desconfie e entre de imediato em contacto com as autoridades competentes, pois está a ser vítima de uma Fraude.

 

Familiares em situações urgentes

Se for contactado por um neto, familiar mais distante, ou qualquer membro da família que pareça desesperado por ter perdido a viagem de volta a casa, ter tido um acidente, ter sido assaltado ou por estar preso por um pequeno delito ou confusão, e pressionar para que envie dinheiro urgentemente, desconfie.

Se este familiar é alguém com quem não tenha estado em contacto há muito tempo, ou cuja voz ou qualquer outro aspecto não lhe pareça familiar, ou ainda se faça representar por um suposto advogado em sua representação e lhe peçam que envie dinheiro para resolver esta situação urgente, desconfie, você provavelmente estará a ser vítima de uma fraude.

Os burlões podem ser bastante criativos e pedir para que envie dinheiro para qualquer lugar do mundo, caso não consiga confirmar a situação com outro membro chegado da sua família e o número de contacto do alegado familiar em dificuldades não esteja disponível, não envie qualquer dinheiro, visto que uma vez entregue no destino jamais o poderá recuperar.

 

Empréstimos

Este tipo de fraude habitualmente consiste no envio de emails, cartas ou mensagens a explicar como obter um empréstimo ou mesmo a confirmar que um empréstimo que você nunca pediu já foi aprovado.

Nestes casos os burlões solicitam que você pague taxas de crédito, taxas de serviço, taxas de abertura de conta ou administrativas, impostos, adiantamentos ou qualquer outro tipo de custo antes de lhe serem disponibilizados os fundos do “falso” crédito.

Nunca envie dinheiro para a obtenção de empréstimos, uma vez recebida no destino nenhuma transferência de dinheiro poderá ser recuperada.

 

 

Respostas às perguntas mais frequentes sobre Fraudes

 

O que devo fazer caso tenha sido enganado(a)?

Entre imediatamente em contato com as autoridades.

Pode ainda reportar de imediato à RealTransfer a situação em causa preenchendo o nosso formulário online, ligando para o 800 200 404 ou ainda visitando o balcão onde realizou a sua transacção.

 

Caso tenha sido vítima de uma fraude online o que é que devo fazer?

Se tiver suspeitas de ter sido vítima de uma fraude online, entre em contacto imediato com as autoridades policiais e notifique o incidente ao Centro Nacional de Cibersegurança através do link https://www.cncs.gov.pt/certpt/notificar-incidente/ .

 

É igualmente importante que contacte a Realtransfer a informar do incidente preenchendo o nosso formulário online, ligando para o 800 200 404 ou ainda visitando o balcão onde realizou a sua transacção.

 

A que sinais devo estar alerta para evitar ser vítima de Fraude?

Se uma oportunidade é boa demais para ser verdade, é porque na realidade será mesmo uma fraude. A urgência aliada a uma oportunidade única, são sempre sinais de alerta que não devemos ignorar.

Caso o destinatário da transferência seja alguém que desconheça, conheça mal ou nunca tenha conhecido presencialmente.

Se estiver a enviar dinheiro após um pedido de alguém como forma de cobrir custos, taxas ou impostos, como forma a obter quantias ainda maiores.

Na eventualidade de lhe serem solicitados dados de transferências, contas bancárias, cartões de débito e crédito, ou outros dados pessoais sensíveis que possam permitir acesso ao seu património ou celebrar contratos ou acordos em seu nome.

Lembre-se que as fraudes não acontecem apenas aos outros, todos estamos expostos a este tipo de situações, por isso seja cauteloso.

 

Existem riscos para transferências com depósito em conta?

Sim, quando não se conhece o destinatário, enviar dinheiro é igual a um depósito em conta.

Não conhecendo, nem dominando a legislação no país de destino, nomeadamente, referente à identificação de clientes ou mesmo de ilícitos financeiros, mesmo apresentando queixa nas autoridades do país de destino o dinheiro depositado provavelmente nunca será recuperado.

 

É seguro transferir dinheiro?

Os serviços de transferência de dinheiro são perfeitamente seguros caso sejam utilizados para o fim a que foram destinados.

Estes serviços foram desenhados para o envio de dinheiro entre particulares que se conheçam bem e não para a aquisição de bens ou serviços, nem para atividades que gerem lucro ao remetente.

 

O que é fraude de transferência de dinheiro ou de transferência eletrónica?

As fraudes de transferência de dinheiro ou de transferência eletrónica ocorrem quando os burlões enganam os consumidores para que lhes transferiram dinheiro, de forma a apropriarem-se do mesmo de forma ilícita.

 

Proteja-se das Fraudes ao Consumidor

Para aprender a proteger-se dos burlões e evitar que se apropriem indevidamente do seu dinheiro, utilize o senso comum e atue com cautela perante situações suspeitas ou invulgares, tentando informar-se dos esquemas mais utilizados. Antes a dúvida, não envie o seu dinheiro.

Lembre-se que todas as fraudes podem ser bem ou mal sucedidas, dependendo se você decide ou não participar nelas.

 

Existem várias entidades ou organizações que fornecem informações ou dispõem de canais de denúncia e reclamação para ajudar a protegê-lo contra as fraudes aos consumidores e à apropriação indevida de dados.

 

Em seguida poderão uma lista exemplificativa de links dessas entidades e organizações que o podem ajudar:

 

https://clientebancario.bportugal.pt/pt-pt/material/seguranca-online-prevencao-de-fraude

 

https://clientebancario.bportugal.pt/formulario-nova-reclamacao

 

https://www.cncs.gov.pt/

 

https://www.cncs.gov.pt/certpt/notificar-incidente/

 

https://www.policiajudiciaria.pt/unc3t/

 

https://www.consumidor.gov.pt/

 

https://cec.consumidor.pt/

 

https://cec.consumidor.pt/topicos1/praticas-comerciais-desleais/fraudes-e-burlas.aspx

 

 

AVISO

Se utilizou ou desconfia que possa ter utilizado os serviços da RealTransfer para transferir dinheiro na sequência de uma fraude ao consumidor, por favor preencha de imediato o nosso formulário online ou em alternativa contacte-nos através do 800 200 404.

 

 

 

 

 

 

 

 

Reporte de incidentes operacionais e de segurança

 

Incidente operacional ou de segurança é definido como sendo um evento único ou uma série de eventos conexos e não previstos pela RealTransfer, que tem ou poderá vir a ter, um impacto adverso na integridade, disponibilidade, confidencialidade, autenticidade e/ou continuidade dos serviços relacionados com pagamentos.

De acordo com a obrigação legal decorrente do Decreto-Lei n.º 91/2018 e por forma a dar cumprimento ao mecanismo de comunicação de incidentes operacionais e de segurança a RealTransfer – Instituição de Pagamento disponibiliza o seguinte formulário online para o efeito.

 

 

 

Reclamações Relacionadas com segurança

 

Se quiser apresentar alguma reclamação relacionada com segurança, por favor não hesite em utilizar o formulário disponibilizado formulário online para o efeito.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Real Transfer
Homepage
Sobre Nós
Quem Somos
Transferências
FAQ's
Tele-envio
Preçário
Balcões
Portugal
Angola